"Não me pergunte quem sou e não me diga para permanecer o mesmo." Foucault

Minha foto
"Alquimia de ventilador, poesia de liquidificador..."

sexta-feira, 12 de março de 2010

Marketing pessoal



Minha calça define meu corpo e meu caráter
Minha bolsa e sua etiqueta confirmam minha existência
Meu sapato, subsídio da minha vida
O que eu sou é marca aberta, visível
out-door ambulante e curvilíneo.
Nada tenho a esconder, sou uma embalagem.
(e ainda pago para assim ser)



.:Fran:.

7 comentários:

  1. perfeito!!! irônico!! arrogante!! lindo!!!

    ResponderExcluir
  2. eu nasci vendido, escravo-de-mim

    ResponderExcluir
  3. Belas palavras.. e este bebê ai sou eu!

    ResponderExcluir
  4. olá Fran.... estou pelejando aqui os manuscritos econômicos e filosóficos do MARX....

    muito bacana!!!!

    você está cada vez mais bacana na arte das palavras!!!!

    seu amigo, irmão etc e tal.

    ResponderExcluir
  5. Perfeito garota!
    É assim mesmo que está sendo, as pessoas são aquilo que possuem! Arght!
    Ameeei o texto!


    Beeijos!

    ResponderExcluir

escrevendo, comentando, rabiscando o rodapé...